Curso Nível Básico - Ed. 4ª

 

O PJe-Calc é o sistema utilizado em toda a Justiça do Trabalho como ferramenta institucional para a elaboração de cálculos trabalhistas, seja para apuração de valores devidos do contrato de trabalho, análise e apuração de passivos trabalhistas, tratativas de acordos judiciais e extrajudiciais, indicação de valor de pedidos líquidos da petição inicial, liquidação de sentenças e atualização de cálculos externos realizados em outros formatos e plataformas, visando à uniformidade de procedimentos e confiabilidade dos resultados. Aberto ao público em geral, garante a padronização na elaboração dos cálculos apresentados. Sendo alimentado corretamente com os parâmetros e variáveis das verbas trabalhistas que queremos apurar, sem a necessidade de conhecimentos ou formação na área contábil, o PJe-Calc elabora um laudo completo das verbas trabalhistas devidas em poucos minutos.

Carga horária: 10 horas.

Público-alvo: Todos os interessados em elaborar cálculos na área trabalhista: colaboradores de RH, empreendedores e empregadores, advogados, calculistas, servidores da Justiça do Trabalho.

Objetivos: Ao final do curso, o participante será capaz de elaborar cálculos trabalhistas e liquidações em geral, de baixa e média complexidade.

Modalidade: Integralmente na modalidade EAD (ensino à distância), por meio da plataforma de videoconferência ZOOM, com aulas ministradas ao vivo, em horário pré-estabelecido. Os participantes com frequência de pelo menos 70% do curso, ao longo da transmissão em tempo real, receberão Certificado emitido pela AMATRA12.

Metodologia: Apresentação em tela de casos práticos, na plataforma de videoconferências Zoom, com peculiaridades referentes às hipóteses mais comuns. Os participantes acompanharão a resolução dos casos, fazendo o procedimento passo a passo em seus próprios computadores, os quais deverão ter o programa PJe-Calc Cidadão instalado previamente.

Conteúdo programático abordado nos casos práticos:
I – Apresentação e visão geral.
II – Atualização de tabelas;
III – Critérios de parametrização.
IV – Erros mais comuns. Precauções e armadilhas indutivas;
V – Bases de cálculo indispensáveis;
VI – Cartão de ponto no PJe-Calc;
VII – Aba do FGTS;
VIII – Verbas rescisórias;
IX – Apuração de horas extras e reflexos;
X – Adicionais de insalubridade e periculosidade e reflexos;
XI – Utilização do PJe-Calc para pedidos líquidos na inicial trabalhista;
XII – Dedução de valores pagos;
XIII – Parâmetros para o pedido de indenização por danos morais;
XIV – Pedido de verbas vincendas;
XV – Verbas de ocorrência diária: alimentação e transporte;
XVI – Crédito de terceiros e multas;
XVII – Fixação de honorários advocatícios, assistenciais e periciais;
XVIII – Atualização monetária. Iniciativa privada e fazenda pública;
XIX – Liquidação de Sentença;
XX – Atualizações de cálculos.

Requisitos mínimos: Computador pessoal do participante (desktop ou notebook) com Windows, versão 7 ou superior, última versão do Java instalada, programa Pje-Calc Cidadão, versão 2.5.6 instalada, tabelas auxiliares de índices baixadas em formato *idc, visualizador de arquivos em formato PDF (Acrobat Reader ou similar).

Professor: Marcos da Silva Medeiros.